Capela de Santa Olaia

Dados do Património
Nome: Capela de Santa Olaia

A Capela de Santa Olaia foi erigida provavelmente do tempo do nosso primeiro Rei. Situada no monte, a vista sobre os arrozais do Mondego é deslumbrante. Numa das muitas remodelações foi-lhe abolido um painel de azulejos, segundo algumas informações datavam da segunda metade do séc. XVII. 
É uma capela simples como se pode observar pela sua fachada. No seu interior as paredes são pintadas, existe um arco cruzeiro. A imagem de Santa Olaia é de 1671. 
O Sitio Classificado de Montes de Santa Olaia e Ferrestelo foi criado pelo Decreto-Lei nº 394/91 de 11/10/1991, com o intuito de proteger e conservar os valores naturais, científicos e culturais nele contidos, um uso sustentado do território e a promoção e disseminação da educação ambiental.
O Monte de Ferrestelo, onde se encontra o Castro de Santa Eulália ou Olaia, é sítio classificado de Interesse Público desde 1954. Foi o arqueólogo figueirense António dos Santos Rocha (1853-1910), que aqui fez as primeiras escavações á porta da sua terra natal. Encontrou monumentos e objetos que provam o povoamento do sítio desde a Idade do Ferro. Os objetos estão expostos no Museu Municipal Santos Rocha, na Figueira da Foz.